20 junho 2009

Bruno Carvalho

Não consigo entender porque razão um candidato à Presidência do Sport Lisboa e Benfica (Bruno Carvalho), insiste em fazer como bandeira eleitoral a contratação de um treinador (Carlos Azenha) que assinou contrato com o Vitória de Setúbal há quase um mês.

4 comentários:

fernando.dionisio disse...

Entender?
Existe algo para entender nesses candidatos?
Imagino o desespero dos adeptos!
Sempre mais do mesmo, nos candidatos e nos resultados desportivos!

Sorry

Pedro Aniceto disse...

Fernando, eu não disse que não entendia os candidatos, disse que não entendia um facto que me dei ao trabalho de precisar para não haver mau entendido. Parece que não é suficiente e que é preciso fazer um desenho. Pois pode parar de imaginar que no meu caso está absolutamente a imaginar de forma errada. Não estou desesperado. Desesperado estive sim, quando em tempos percebi em quem tinha ajudado a eleger (Vale e Azevedo). Aí sim, aí desesperei. Agora estou tranquilo e sei em quem votarei (Luís Filipe Vieira) que ajudou a devolver o meu clube à dignidade, o dotou de recursos que não tinha, que lutou contra o status quo quando era tão mais fácil ficar calado. Não sou daqueles para quem é de sobremaneira importante ganhar a qualquer custo por forma a adiar o inevitável. Quero ter orgulho em ocupar o meu lugar nas bancadas, quero preocupar-me com o jogo em vez de me preocupar com um adversário com quem não jogo nesse dia. Quero continuar a ser do Benfica, e isso LFV permitiu-me, assegurando a sobrevivência de um clube amado por milhões de portugueses. Errou? Sim, claro, muitas vezes, mas estou crente que terá feito o seu melhor por um clube de quem gosta. E perante o cenário de candidatos, não troco o que já conheço pelo salto no escuro. O Benfica já teve a sua dose recente de saltos no escuro. E até lhe digo que troco de bom grado mais quatro anos sem ser campeão, por um Centro Documental de excelência e pelo museu que o clube merece e que à semelhança do Centro de Estágio, muitos prometeram e apenas um conseguiu realizar. Se for esse o preço de um Benfica mais forte, melhor infra-estruturado e capaz de se preocupar com a frente desportiva de forma saudável. eu pago.

A.Carrilho disse...

Não sou do Benfica, logo, e sériamente, vou tentar ser o mais distante possível. Para mim faz tanto sentido o que descreves como um presidente demissionário, estar a contratar jogadores e um treinador, este a outro clube com quem tinha contrato, que teve que indemnizar e precisou de despedir outro treinador, com quem tinha contrato o qual foi indemnizado...ufa.. e se não ganhar as eleições? pergunto eu.
Para mim já tudo faz sentido neste futebol domestico.

AB disse...

É engraçado que todos os candidatos à presidência do Sporting afirmassem querer a continuidade do treinador. Há realmente trabalhos que exigem tempo, coisa que no Benfica só possivelmente você admite. Eu sou Sportinguista e como tal habituado a sofrer, mas mesmo assim lamento o triste espectáculo que tem sido o SLB, com dirigentes mais interessados em promover-se através do clube do que promoverem o clube.