10 março 2010

Os caminhos do Senhor são misteriosos

É muito provável que tenha sido a mesma pessoa que calculou o preço das batatas fritas da entrada anterior a calcular o preço deste artefacto eléctrico agora tão em moda nas igrejas portuguesas. Braga, imagem enviada por Elayne Barbosa

8 comentários:

bsqt disse...

Neste caso faz sentido ser mais caro acender mais velas.

Fernando disse...

Velas? Aquilo usa lâmpadas, ou LEDs (modernices!...)

É uma espécie de máquina de jogo das igrejas, mas em que nunca sai prémio...

E pode servir para justificar que compensa saber matemática... bom, está bem, aritmética...

nplima disse...

Nao pescam nada disto! Claramente que ha um imposto sobre CO2 que isenta as transaccoes abaixo de um certo nivel de emissoes...

AB disse...

A idéia base é a mesma dos hipermercados. Quantos já notaram que comprar um garrafão de 5 litros de óleo é mais caro que comprar 5 garrafas de litro do mesmo óleo? A partir do momento em que se estabeleceu que a embalagem maior é a mais económica, ninguém pensa, por isso a embalagem maior passou a ser a mais cara. E poucos notam.

Ricardo Antunes disse...

O efeito visual que esta imagem tem quando se faz scroll é muito bom!

Pedro Aniceto disse...

As coisas que tu descobres...

LittleHelper disse...

Então quer dizer que fica mais barato repetir "quero uma lâmpada" oito vezes... e cada uma embrulhada individualmente, que é para oferecer ao sacristão que efectuou os cálculos.

Esta faz-me lembrar aquela dos senhores do Lidl que obrigam a colocar os dez garrafões de cinco litros de água em cima da passadeira; o que resulta numa mais valia para todos... As árvores agradecem, e com certeza os senhores que fazem a manutenção ao motor da passadeira também.

botinhas disse...

Isto deve ser uma moda recente de marketing. Aqui [em Madrid] no Carrefour, a Danone vende packs de 16 yougurts mais caros que 2x o pack de 8!