07 abril 2010

A ANA tem um aeroporto

Recebi, depois de trinta e cinco dias de paciente espera e de um post mais ácido (resulta quase sempre...), resposta da empresa ANA Aeroportos SA. Se pensavam que podiam ir às pinhas ao Pinhal da ANA, façam o obséquio de retirar o corcel da pluviosidade. Ainda assim daqui a uns anos eu pedirei mais imagens, mas fico para já semi-satisfeito com a resposta ao meu pedido inicial. Abaixo transcrevo a resposta de Sofia Monteiro da Rocha do ASCMCA-Ambiente (Whatever ASMCA means...) do Aeroporto Sá Carneiro, Porto.

"Exmo. Senhor,

É com muito agrado que recebemos o seu e-mail manifestando interesse por uma das iniciativas ambientais desenvolvidas no Aeroporto do Porto, pela qual também sentimos especial apreço.

Relativamente às suas solicitações, informamos que, no âmbito das comemorações do Dia da Floresta Autóctone, já foram plantados mais de 400 pinheiros mansos. As árvores foram plantadas em áreas restritas, localizadas no interior do perímetro do Aeroporto (Lado Ar), e que não são visíveis a partir do exterior. Por questões de segurança, conforme deve compreender, tratam-se de uma áreas de acesso condicionado, pelo que não são visitáveis. No entanto, temos todo o gosto em enviar-lhe algumas fotos que testemunham a última plantação.

Com os melhores cumprimentos,

Sofia Monteiro da Rocha
"


6 comentários:

a friend disse...

Olha viste.. não é que plantaram mesmo? Estou perplexo... e quando a coisa crescer não abatem por ser um risco para a navegação? ;)

Patricia Lousinha disse...

Tal qual como os "melhores cumprimentos," gosto particularente da parte "Aeroporto do Porto, pela qual também sentimos especial apreço." Coisas, pronto.

botinhas disse...

Curiosamente algumas pistas aqui em Barajas são ladeadas de pinheiros mansos.
Possivelmente ajuda a amainar os ventos cruzados...

Fred disse...

Esperemos que não lhe façam a folha, ou deles façam a folha...de papel, daqui a uns anos para colocar mais um hangar ou pista.

Ikas disse...

Olha... não é que é mesmo verdade?! Estou pasmado.
Tenho de mandar então um e-mail a perguntar qual é que é o meu... para poder ir buscá-lo no natal =)

bom amigo disse...

De facto enganei-me os pinheiros são mesmo mansos