26 maio 2010

Adivinha quem veio "tuítar"...

Ela mesmo dirá da sua mais recente experiência Apple. Sim, que eu sou suspeito para falar, mas estou crente de que se acabaram os tempos do "eu não consigo fazer isto ou aquilo" e virão aí os dias felizes de quem vai passar a dizer "eu fiz isto" ou "eu fiz aquilo" que antes não conseguia. Porque em termos do "mergulho" iPhone ou Apple, é essa a verdadeira diferença entre os utilizadores. Os que não conseguem, não sabem, porque é difícil, porque isto, porque aquilo e os que efectivamente têm todo um mundo novo nas mãos. Estaremos cá para ver, Alberta. Porque trabalhar assim, é Optimus.

7 comentários:

Zé Trolha disse...

Sempre fui céptico em relação à utilidade do iPhone... até adquirir um. A experiência da Alberta não sei, mas a minha, que também sou um novato iPhone user, está a ser magnífica!

I rest my case, caro Aniceto. :)

Pedro Aniceto disse...

Join the crowd! ;)

Carlos Martins disse...

Eu só não sei como é que ela ainda não te cravou o iPad mais vezes... cof cof... :)

Luis Francisco G Padrela disse...

"Once you go MAC, you never get back"... Abraço de Luanda

MM's disse...

:)
"Água mole em pedra dura..."

Foi preciso o Nokia deixá-la mal e nem o Santo Padre lhe valer na aflição!

Nós perdoamos-lhe, não sabia o que fazia (e perdia)!

Sítio dos Cães disse...

também quero!!!!

:´( bbbuuuáááá

cada vez mais me sinto a única pessoa do país sem um iphone....

Alberta Marques Fernandes disse...

Estou a adorar! É verdade Pedro : MAC rima com intuição, simplicidade e rapidez!
tenho literalmente o mundo nas mãos! :)

ps: e não me pagam para dizer isto!!!