18 junho 2010

Grupo Parlamentar do PSD e José Saramago

Aquilo que foi feito hoje pela conta Twitter do Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata a propósito da morte de José Saramago, é um desrespeito e uma absoluta falta do mais elementar princípio de responsabilidade institucional. Como alguém disse no próprio Twitter (e perdoem-me que não me lembro do nome do autor), "Não são comediantes, são parlamentares". O tweet rapidamente foi retirado, esfumou-se, como rapidamente se esfuma a memória eleitoral, mas fica aqui para referência futura. (Imagem via @31dasarrafada)

13 comentários:

Ricardo Antunes disse...

Isto é mesmo a sério?

eduardo disse...

pobres gentes, tão tristemente representadas naquela casa; não é preciso ir muito longe, basta colocar os olhos nas cortes espanholas para ver o dia da noite.... por estas e outras Lanzarote foi opção....
canalhas quase sub-humanos....

Ana Ferreira disse...

Uma amostra do que fazem os senhores deputados com os computadores pagos por todos nós que lhes instalaram lá na Assembleia, entende-se logo porque quis José Lello que os fotógrafos não tivessem acesso às telas dos computadores

bom amigo disse...

A cultura e o bom senso faz falta a muito boa gente.

Nelson Cruz disse...

Aceitável que o autor tivesse dito a piadinha aos colegas de bancada. Mas públicar no twitter do partido é de mt mau gosto.

Fernando disse...

Eu ia dizer "são uns palhaços" mas recuei pois isso iria denegrir uma categoria profissional digna.

Anónimo disse...

Muito Bom !!

Anónimo disse...

«simbólico que o país neste momento esteja a homenagear como um grande
herói nacional um homem que é contra Portugal, que quis que Portugal
deixasse de existir como país, que tem um certo ódio até à nossa raiz
e que esse seja considerado o símbolo actual do nosso regime».

Anónimo disse...

Só cachourros (se ofensa para os nossos amiguinhos de 4 patas) sem qualificação nem escrúpulos podem ter afirmações destas... Mas, enfim, neste país de responsáveis (?) incompetentes, é o que se vê...

simao disse...

"Quando não nos envolvemos na política, corremos o risco de ser governados por aqueles que são inferiores a nós" - Platão

Os meus caros amigos inscrevem-se num partido político, vão às reuniões e dizem-lhes na cara aquilo que pensam (ainda não é proibido) e tentam mudar o panorama político onde ele tem que ser mudado.

Tavares disse...

É com profunda convicção que enalteço o talento que tinha saramago para escrever. Já o sentido patrótico e de luta por um pais independente e livre já não lhe reconheço.

Bem haja.

Pedro Santos disse...

O que os "patriotas" de porta de café não percebem é que Saramago dizia mal de Portugal porque amava esta pobre terra, e terá sido a dor de ver o panorama cada vez mais queimado que o levou a ir viver para uma ilha vulcânica com os outros amores da sua vida.
Nunca deixarei de lhe agradecer todas as palavras que enviou e que, infelizmente, cairam em saco roto.

Anónimo disse...

Vá lá... alguém com sentido de humor

Ai dizia mal do país porque gostava ? por isso é que foi viver para Espanha e disse que tinha vergonha de ser português...
Fazem logo grande alarido com a morte do senhor e querem logo que seja luto nacional... daqui a nada é feriado não ?
Querem democracia, querem democracia... vê-se a democracia, mal se faz uma piadinha cai-lhe logo tudo em cima.

Finalmente o Saramago pôs um ponto final.

Tenho dito.