09 dezembro 2009

Ninguém escreve ao Coronel

Exmos. Srs,

No passado dia 24 de Novembro tive oportunidade de vos enviar um email, cujo teor encontrarão abaixo.

Exmos. Srs,
Venho pelo presente email pedir-vos autorização expressa para a gravação de imagens vídeo na rede pública do Metropolitano de Lisboa no âmbito da concepção do genérico vídeo do Podcast "Campo Grande" um projecto amador de videocast sobre turismo em Lisboa.

Mais informo que não pretendo filmar pessoas, mas apenas algumas chegadas e partidas de composições em cais bem como alguma sinaletica da estação "Campo Grande", que dará nome ao videocast e que a tomada de imagens não ocupará mais de alguns minutos sendo efectuada, caso a autorização seja concedida, com câmara manual sem qualquer ocupação de espaço.

Na eventualidade da concessão de autorização, presumo que seja necessário o >levantamento de alguma credencial, pelo que peço que me informem como e quais os passos necessários à respectiva concessão.

Com os melhores cumprimentos
Pedro Aniceto


Como até à presente data e decorrido todo este tempo não recebi qualquer comunicação da parte de V.Exas no sentido de obter qualquer sinal ou manifestação de vida no sentido de pelo menos de terem a gentileza de acusar a recepção do pedido através de uma resposta automática, informo que tal pedido deixou de ter cabimento por terem sido por mim esgotados todos os timings razoáveis para a utilização das imagens no referido videocast, tendo eu optado por outra localização e outro operador de transportes, que atempadamente me respondeu.

Não posso contudo deixar de manifestar o meu desagrado pelo comportamento indigno de uma Empresa que se diz "certificada" e que por ventura se rege por parâmetros de Qualidade nas suas relações com o público, esse ser que é, eventualmente a razão da vossa existência, e em cuja Missão se pode ler a dado passo: "a promoção conjunta do Transporte Colectivo".

Creiam-me, caros Srs. agradecido pelo vosso silêncio, ficando na expectativa de que alguém, algures, em qualquer data, possa eventualmente vir a ler esta mensagem.

Pedro Aniceto

8 comentários:

M Carmo disse...

Meu Coronel dá licença?

Tuga que é tuga primeiro filma, depois pede autorização.

Abraço (certificado)

MC

João Tiago disse...

Vai avançar ? :D:D

INcoma disse...

...a esta hora ainda se devem estar a interrogar -- " que raio de coisa é o videocast !?? Será um blueray camuflado ?"

tsss, tsss

fernando disse...

Pedro... Provavelmente pediu a pessoa errada. Fartinho de fotografar em estações de metro. Com autorização...

Pedro Aniceto disse...

Eu não pedi a uma pessoa. Pedi a uma entidade que tem até um departamento de relações públicas e que menciona numa página Web que se pode ali pedir a devida autorização...

d.martins disse...

Deixe lá que isso é o normal do Metro, quando é preciso não estão lá, mais vale pagar o bilhete e filmar do que pedir autorização.

mw disse...

Curioso... também me fizeram um desfeita hoje de manhã. É chato combinar coisas e depois não aparecer...

Pedro Aniceto disse...

Mas não fui eu, pois não?