10 setembro 2010

M'ai nada!


"Cláudio Ramos não percebe a diferença entre ter um casamento anunciado e estampado nas revistas com paparazzi à porta, versus anunciá-lo na 1a pessoa e já depois de ter acontecido, a quem nos acompanha no Facebook. Mas se Cláudio Ramos percebesse mais coisas, é provável que tivesse uma profissão diferente. Corrijo: é provável que tivesse uma profissão."

Nuno Markl, na sua página de Facebook

Devo confessar que me tenho sentido um bocado "culpado" nos últimos dias. As únicas fotos públicas deste casamento foram twittadas por mim durante este evento e propositadamente más (desculpa-te agora) para que não fossem aproveitadas e "defendidas" de qualquer localização geográfica para evitar que a imprensa aparecesse no local. Sim, é verdade que o fiz com a devida autorização mas temi que ainda assim algumas delas fossem aproveitadas por qualquer quadrilheiro profissional. Até à data tal não sucedeu (mas nunca fiando e estou preparado para tal) e dá-me um certo gozo vê-los agora a espernear...

4 comentários:

João Tiago disse...

se as usarem, podes sempre pedir dinheiro por elas ou mover um processo aos bichos

RM disse...

Acho que o que chateia cada vez mais.. os jornalistas em geral... e quem trabalha nestas áreas que antes viviam de informadores... de fontes anónimas, de boatos... de ser amigo de conveniência de fulano ABC para depois vender umas informações... é que agora... com as redes sociais.. e massificação da internet.. os fulanos ABC podem falar directamente com o seu público deixando de usar/alimentar intermediários...

assim sendo Cláudio Ramos torna-se (ainda mais) inútil...

outro caso foi o anúncio do filho de Cristiano Ronaldo... quantas revistas pagariam a algum amigo de conveniência para ter esse exclusivo?

pois.. ele eliminou qql intermediário.. e divulgou isso no facebook..



Ricardo Martins

Emanuel Silva disse...

Como disse o Bruno Nogueira em relação à opinião do mesmo Claúdio Ramos em relação ao Levanta-te e Ri, ainda estamos à espera da opinião de um homem. E aqui leia-se homem com H grande, sem qualquer acepção sexual.

d.martins disse...

É lamentável ver a decadência da comunicação social, já à largos anos que vejo a ignorância completa "às tantas" propositada dos jornalistas, agora essa mesma ignorância passa para os pseudo-comentadores sociais que pensam saberem mais que os outros.

Quanto ao Pedro, não creio ser culpado de coisa nenhuma, em caso algum colocou informação sem autorização e ainda para mais teve cuidado com a informação exposta.

O tipo que escreveu aquele comentário cor-de-rosa é que ficou mal disposto por não ser convidado de tal cerimónia, mas vozes de...